No Swing

Somos um casal liberal, Antônio e Angélica, que curte a liberdade, o sexo, mas com muito respeito, claro. E swing é o que nos permite sermos quem realmente somos. Assim, a nossa primeira vez em uma casa de swing foi incrível. O local inspira sexo e putaria. Chegamos loucos para experimentar de tudo e com todos e fomos direto para o espaço onde ficam diversas cabines. Escolhemos uma e trancamos a porta. Deixamos a luz acesa, pois queríamos muito ser vistos. E combinamos que quando um cara colocasse o pau na janelinha, a minha esposa iria pegar e chupar. Enquanto isso, eu abriria a porta e perguntaria para o cara: “Por que devo deixar você comer a minha esposa?”. A melhor resposta venceria e o troféu, claro, era a bucetinha dela. O primeiro que encostou, eu logo perguntei e a resposta foi simplória: “ah, ela é gostosa”. Não nos convenceu. Próximo: “quero muito foder”. Ora, todos nós queremos. Próximo: “estou com tesão”. Nós também!! Até que um se aproximou e a resposta foi: “quero vê-la gozar na sua frente”. Pronto, algo digno de uma buceta. Ele não só ficou do lado de fora, como entrou e comeu gostoso a minha esposa, na minha frente. Gozamos todos juntos. Uma delícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *